ANÁLISE DE RISCOS NAS CAMPANHAS PUBLICITÁRIAS: PORQUE O PUBLICITÁRIO NÃO "CURTE" MUITO PROCURAR UM ADVOGADO?